Notícias
Notícias
28/09/2022
Proposta de programação do FNE para 2023 prevê um orçamento de R$ 34,6 bilhões
A apresentação foi durante uma live promovida pelo Banco do Nordeste (BNB), realizada dia 26, que reuniu representantes da Sudene, Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), Sebrae e Associação Brasileira de Desenvolvimento (ABDE). Segundo Helton Chagas Mendes, Superintendente de Supervisão da Rede de Agências do BNB, a divisão entre os 11 estados da área de atuação Sudene dos R$ 34,6 bilhões previstos para o orçamento do FNE em 2023 destina R$ 8,2 bilhões para a Bahia, vindo em seguida os estados do Ceará (R$ 5,2 bilhões), Pernambuco,(R$ 4,7 bilhões), Maranhão (R$ 3,5 bilhões), Piauí (R$ 2,9 bilhões), Rio Grande do Norte (R$ 2,1 bilhões), Minas Gerais (R$ 1,9 bilhão), Paraíba, (R$ 1,8 bi...

Focus: expectativa para inflação de 2022 recua pela segunda vez, para 7,67%
Anna Russi, da CNN - 11/07/2022

Esta é a segunda queda semanal consecutiva na mediana das previsões para o IPCA, de acordo com o boletim Focus

A projeção do mercado financeiro para a inflação em 2022 recuou de 7,96% para 7,67%. É a segunda queda semanal consecutiva na mediana das previsões para o IPCA (Índice de Preços ao

Consumidor Amplo). A expectativa para o IPCA de 2023, por outro lado, subiu, de 5,01% para 5,09%.

As projeções de inflação para ambos os anos, 2022 e 2023, estão acima do centro da meta definida pelo Conselho Monetário Nacional (CMN), respectivamente de 3,5% e 3,25%.

Como já admitido pelo BC este deve ser o segundo ano de rompimento do limite superior da meta de inflação, que em 2022 não deveria ultrapassar os 5%.

Se confirmadas as expectativas, a inflação de 2023 também estoura o teto da meta do ano que vem, determinado em 4,75%.

Os analistas mantiveram as previsões para a taxa básica de juros em 13,75% ao ano em 2022 e 10,50% a.a. em 2023. A Selic é a principal ferramenta do Banco Central para controlar a pressão inflacionária.

Os números são do Boletim Focus do Banco Central (BC), que voltou a ser publicado normalmente a partir desta segunda-feira (11) após o fim da greve dos servidores. O documento reúne a estimativa de mais de 100 instituições do mercado financeiro para os principais indicadores econômicos.

A estimativa do crescimento econômico para 2022 avançou para 1,59%, ante 1,51% na semana passada e 1,42% há um mês.

O mercado manteve a expectativa de alta de 0,5% para o PIB (Produto Interno Bruto) de 2023, que há quatro semanas era projetado com crescimento de 0,55%.






Outras Notícias

29/09/2022 - IGP-M volta a registrar deflação em setembro, de 0,95%
28/09/2022 - Proposta de programação do FNE para 2023 prevê um...
23/09/2022 - Preço médio da gasolina cai pela 13ª semana...
22/09/2022 - Após BC manter Selic em 13,75% ao ano, analistas só...
20/09/2022 - Recuo da inflação pode fazer juros caírem em 2023, diz...
20/09/2022 - Como a inflação afeta os preços dos produtos...
13/09/2022 - Setor de serviços em Pernambuco registra alta de 4% em...
09/09/2022 - Grande Recife registra deflação pelo segundo mês...
01/09/2022 - Alta do PIB mostra 'consolidação da retomada' apesar...
30/08/2022 - IGP-M tem queda de 0,70%, revela pesquisa da FGV
24/08/2022 - Real forte e investimentos na bolsa em alta
22/08/2022 - Real forte e investimentos na bolsa em alta
16/08/2022 - Monitor do PIB aponta alta de 1,1% no segundo...
15/08/2022 - Após decisão do STF, governo prepara novo decreto para...
10/08/2022 - Inflação nos EUA perde força e fica em 8,5% em julho,...
10/08/2022 - Governo de Pernambuco envia projeto de lei para...
09/08/2022 - IBGE: IPCA tem deflação de 0,68% em julho, menor taxa...
05/08/2022 - Orçamento de 2023 deve manter redução de impostos...
04/08/2022 - Banco Central promove 12ª alta seguida nos juros e...
04/08/2022 - Petrobras anuncia redução no preço do diesel
 
 
Avenida Conselheiro Aguiar 2205 - sala 102 - Boa Viagem - CEP 51.111-011 - Recife/PE
e-mail: secretaria@borbaconsultoria.com.br

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player